PARTILHAR

Nos dias 07 e 24 de julho do corrente ano, tiveram lugar, nas delegações da ACT de Guimarães e Braga respetivamente, os primeiros cursos de Formação IPAF sobre Plataformas de Elevatórias Móveis de Trabalho para Supervisores, para os Inspetores de Trabalho da ACT, das delegações de Guimarães, Braga e Vila Nova de Famalicão. Ao todo foram formados 18 Inspetores, entre os quais, o Sr. Inspetor Emanuel Gomes e o Sr. Inspetor Miguel Berbereia Costa.
O feedback dos Inspetores de Trabalho quanto à formação realizada foi deveras positivo, pelo que, posteriormente, mais Inspetores de Trabalho desta mesma entidade se mostraram interessados e se inscreveram para poderem realizar este curso. Nesse sentido, a IPAF planeia realizar mais cursos de Supervisores para os Inspetores da ACT, segundo as inscrições recebidas, brevemente, para os distritos do Porto, Lisboa, Beja, Castelo Branco e Viana do Castelo.
“Este curso é extremamente importante para quem necessita de planear o trabalho, escolher o equipamento correto e fazer a monitorização do mesmo. O curso, além de exclusivo, em Portugal, é dirigido aos que são responsáveis, quer pela prevenção, quer pelo planeamento, acompanhamento, supervisão e inspeção de operações com PEMT (Plataformas Elevatórias Móveis de Trabalho) no local de trabalho.
É sem dúvida uma mais-valia, podermos colaborar para a sensibilização deste tipo de formação junto da Autoridade Nacional para as Condições do Trabalho, a fim de podermos criar uma sinergia com esta entidade, para que, cada vez mais, possamos juntos implementar melhores condições e boas práticas na utilização deste tipo de equipamento, visando assim melhorias para segurança no trabalho no nosso País”, afirma Filipa Sanches, Representante da IPAF em Portugal.

A IPAF calcula a taxa de acidentes fatais para determinar a segurança de PEMT a nível mundial.
Os cálculos preliminares da taxa de acidentes fatais confirmam que as plataformas elevatórias móveis de trabalho PEMT são uma das formas mais seguras de realizar trabalhos temporários em altura. Esta análise recente complementa o comunicado da IPAF relativo aos dados de acidentes relacionados com PEMT em 2014 e indica que, embora a frota de aluguer de PEMT tenha aumentado em número, a taxa de acidentes fatais diminuiu.

Para continuar a ler, faça já a sua assinatura.

assinatura

DEIXE UM COMENTÁRIO