PARTILHAR

Resumo
No canteiro de obra são realizados diversos tipos de atividades com durações diferentes, que podem expor o funcionário a muitos tipos de riscos de acidentes.
Os riscos ocupacionais mais frequentes na construção civil são quedas em grandes alturas, manejo de máquinas, equipamentos e ferramentas pérfuro-cortantes, instalações elétricas, uso de veículos automotores, posturas anti-ergonômicas e estresse elevado.
Através de uma pesquisa e realização de um questionário à uma construtora de cidade de Sorocaba, concluiu-se que em empresas que há investimentos na gestão de qualidade o número de acidentes e doenças são inferiores aos de obras que não há estes tipos de investimentos.

Palavras-chave
Segurança na construção civil, Acidentes de Trabalho, Prevenção

1. Introdução
O setor da construção civil destaca-se em relação ao número de acidentes de trabalho, sendo um dos mais problemáticos em relação à segurança. É um setor que envolve diferentes camadas sociais, de diferentes culturas e políticas. Além disso, apresenta diversas variáveis que põem em risco a integridade física e mental do trabalhador, como por exemplo, precárias condições de trabalho, a falta de planejamento e de investimentos em segurança.
No canteiro de obra são realizados diversos tipos de atividades com durações diferentes, que podem expor o funcionário a muitos tipos de riscos de acidentes.
Os acidentes de trabalho causam altos custos aos cofres públicos devido às indenizações e afastamentos pela Previdência Social, motivo pelo qual fez com que diversos órgãos públicos se preocupassem com a segurança no ambiente da construção civil, elaborando normas e exigindo suas aplicações, no qual o custo é relativamente inferior ao qual é pago às vítimas de acidentes.
Entre os métodos mais comuns de prevenção de acidente estão o uso de equipamentos de proteção, treinamentos e organização do ambiente. É de extrema importância suas empregabilidades para a queda dos altos índices de acidente, que não só prejudicam o trabalhador, mas também envolvem as famílias e terceiros.
O objetivo do presente trabalho é verificar os principais riscos e doenças do trabalhador na construção civil, analisar suas prováveis causas e através de um levantamento de dados em construtora da cidade de Sorocaba buscar medidas que minimizem este problema.

2. Acidentes e riscos na construção civil
A construção civil é um setor composto por um grupo de pessoas que realizam suas atividades em ambientes insalubres e de modo arriscado. É caracterizado pela grande quantidade de acidentes de trabalho e vem ganhando destaque em relação ao aumento do número de mortes. (SILVEIRA et al., 2005).

Para continuar a ler, faça já a sua assinatura.

assinatura

DEIXE UM COMENTÁRIO